Sílvia Escórcio

EN

Communication Curator. Born in Machico, Madeira, lives and works in Lisbon, Portugal.

Sílvia developed in 2014 and continues practical research in Curating Communication (CUCO), an autonomous field of Communication specialized in Art, that aims to advance the knowledge generated by contemporary artistic practices and act in its mediation and promotion in societies.

Within the scope of CUCO, she works for cultural organizations, galleries, museums, art projects and events, among which are highlighted: Portugal Pavilion 58° Biennale Arte of Venice 2019; Anozero Coimbra Contemporary Art Biennale; Art and its Audiences program for ARCOlisboa; Forum of the Future | Ágora; Hangar Artistic Research Center; Alkantara Festival; Walk&Talk Azores; MACE – Elvas Contemporary Art Museum / António Cachola Collection; and the galleries Francisco Fino, Balcony and Movart.

As consultant, Sílvia develops collaborations in various domains of communication with artists and curators, among which Andreia Santana, Ana Cristina Cachola, Bruno Leitão, Luiza Teixeira de Freitas, Jérémy Pajeanc, João Pedro Vale & Nuno Alexandre Ferreira, Maya Saravia, Mónica de Miranda, Nikolai Nekh, Rita GT and Sérgio Fazenda Rodrigues. She also collaborates with the Portuguese contemporary art magazine Contemporânea and publishes, mainly interviews, that cover subjects of art politics.

Before developing CUCO, she co-founded and was the strategy director at Hei Communication (2012/14), co-curated with Duarte Santo the project A2V – A Duas Velocidades at MUDAS Contemporary Art Museum Madeira (2012/13), was the head of communication of POP UP Lisboa Urban Art Festival (2010), co-founded and was the artistic director of YRON gallery in Lisbon (2007/09). Between 2001 and 2007, she concluded an internship and later became the head of communication at CAIS (NGO), assisting the edition of the monthly magazine and managing socio-cultural projects, such as: Reflex photography prize; Pão de Todos, Para Todos culture and solidarity annual street event; Feira Social 2005 social economy street fair; and CAIS Descartáveis magazine thematic issue and art exhibition.

Sílvia holds a degree in Advertising and Marketing (ESCS/IPL), is a postgraduate in Communication and Image (IADE), completed the advanced course of Communication Design (Aula do Risco) and attended the Curatorial Studies MA (FBAUL/Calouste Gulbenkian Foundation). She’s a member and co-founder of the non-governmental and non-profit organizations ANFR National Street Soccer Association and FALA TERRA Association for Diversity in Communication.

PT

Curadora de Comunicação. Nasceu em Machico na Madeira, vive e trabalha em Lisboa.

Sílvia criou em 2014 e prossegue investigação prática em Curadoria de Comunicação (CUCO), uma disciplina de comunicação especializada em arte, que ambiciona progredir o conhecimento que é gerado pelas práticas artísticas e atuar na sua mediação e promoção nas sociedades.

No âmbito da CUCO, trabalha para associações culturais, galerias, museus, projetos e eventos de arte, entre os quais se destacam: Pavilhão de Portugal na 58° Bienal de Arte de Veneza 2019; Anozero Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra; Programa A Artes e os seus Públicos para a ARCOlisboa; Fórum do Futuro | Ágora; Hangar Centro de Investigação Artística; Alkantara Festival; Walk&Talk Azores; MACE – Museus de Arte Contemporânea de Elvas / Coleção António Cachola; e com as galerias Francisco Fino, Balcony e Movart.

Como consultora desenvolve colaborações nos vários domínios da comunicação com artistas, curadoras e curadores, como Andreia Santana, Ana Cristina Cachola, Bruno Leitão, Luiza Teixeira de Freitas, Jérémy Pajeanc, João Pedro Vale & Nuno Alexandre Ferreira, Maya Saravia, Mónica de Miranda, Nikolai Nekh, Rita GT e Sérgio Fazenda Rodrigues. Colabora também com a revista portuguesa de arte Contemporânea e publica, sobretudo entrevistas, que abordam temas associados às políticas da arte.

Antes de criar a CUCO, co-fundou e foi diretora estratégica da Hei Communication (2011/14), co-curou com Duarte Santo o projeto A2V – A Duas Velocidades nas MUDAS Museu de Arte Contemporânea da Madeira (2012/13), dirigiu a comunicação do POP UP Lisboa Festival de Arte Urbana (2010), co-fundou e foi diretora artística do espaço YRON em Lisboa (2007/09). Entre 2001 e 2007, estagiou e veio a dirigir a comunicação da CAIS (IPSS), apoiando a edição e promoção da revista mensal e gerindo projetos socioculturais, tais como: Reflex prémio anual de fotografia; Pão de Todos, Para Todos evento anual de cultura e solidariedade; Feira Social 2005 feira da economia social; e CAIS Descartáveis edição temática da revista e exposição coletiva.

Sílvia é formada em Publicidade e Marketing (ESCS/IPL), pós-graduada em Comunicação e Imagem (IADE), concluiu o curso de Design de Comunicação (Aula do Risco) e frequentou o Mestrado de Estudos Curatoriais (FBAUL/Fundação Calouste Gulbenkian). É sócia e co-fundadora das associações ANFR Associação Nacional de Futebol de Rua e FALA TERRA Associação de Comunicação para a Diversidade. 

silvia.escorcio@thisiscuco.com
@silviaescorcio